Comissão Europeia não vai renovar contratos com AstraZeneca e Johnson & Johnson
Vacina Covid19

Cerca de 40.000 trabalhadores de 4.000 creches de todo o país vão ser testados à covid-19 esta semana, num processo cujo arranque foi assinalado ontem na Azambuja (Lisboa) pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Ana Mendes Godinho assistiu à testagem de algumas das funcionárias do Centro Social Paroquial da Azambuja, que reabriu na segunda-feira, no âmbito das primeiras medidas de desconfinamento, as valências de creche, pré-escolar e Atividades de Tempos Livres (ATL).

Segundo a ministra, a testagem a profissionais que trabalham em creches, amas e estabelecimentos do pré-escolar visa, além da prevenção do contágio pelo novo coronavírus, dar “confiança e também tranquilidade” no reinício das atividades letivas após quase dois meses de confinamento devido ao rápido crescimento de casos de infeção pelo SARS-CoV-2.