Operação “ECR Veículos Pesados” da GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) fiscalizou 5.375 condutores de veículos pesados nos últimos oito dias e registou 3.762 contraordenações. 904 estão relacionadas com tacógrafos, no âmbito da operação “ECR Veículos Pesados”

Hoje, em comunicado, a GNR adianta que entre 08 de março e domingo registou também 1.546 contraordenações por excesso de peso da carga, 548 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização dos veículos e 337 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

A GNR contabilizou igualmente 310 contraordenações por irregularidades nos pneus, 113 por irregularidades no acondicionamento e transporte de carga e 104 no âmbito do acordo ADR (mercadorias perigosas).

Foram ainda detetados seis crimes no âmbito rodoviário e relacionados com veículos pesados.

A fiscalização visou os veículos pesados, com especial incidência nas matérias de manipulação e de Sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR), um sistema que visa a redução da emissão de gases poluentes.

A operação teve por objetivo contribuir para a sustentabilidade, a concorrência e as condições de trabalho em transporte rodoviário, a promover a segurança rodoviária e a diminuição do risco de ocorrência de acidentes de viação.