Governo prolongou situação de calamidade até 13 de junho

O Governo decidiu hoje prolongar a situação de calamidade em território continental para combater a epidemia de covid-19 até ao dia 31 de maio, anunciou a ministra de Estado Presidência, Mariana Vieira da Silva.

Esta decisão de renovar a situação de calamidade, que se aplica ao território continental de Portugal, foi anunciada por Marina Vieira da Silva no final da reunião do Conselho de Ministros.

A atual situação de calamidade entrou em vigor em 01 de maio e, se não fosse renovada, terminaria às 23:59 horas deste domingo.