O presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa, a presidente do ISEP- Instituto Superior de Engenharia do Porto, Maria João Viamonte, e o diretor do Agrupamento de Escolas Tomaz Pelayo, Fernando Almeida, assinaram, esta quinta-feira, o protocolo de colaboração no âmbito do funcionamento dos cursos técnicos superiores na Fábrica de Santo Thyrso.

No ano letivo 2020/2021 o ISEP vai contar com a presença de mais de cem alunos, distribuídos por seis turmas.

Desde que se instalou em Santo Tirso, em 2017, a oferta formativa do Instituto Superior de Engenharia do Porto não tem parado de crescer. Este ano letivo não é exceção e conta com cerca de 105 alunos distribuídos por seis turmas de três cursos: Tecnologia Mecânica – Engenharia Mecânica e Automóvel; Automação, Robótica e Controlo Industrial; e Sistemas Eletromecânicos.

“Este ano, a oferta volta a aumentar com três cursos a funcionar em pleno, o que significa que estamos no caminho certo para tornar o concelho mais competitivo na área da formação profissional”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Alberto Costa.

O autarca destacou ainda que “é com grande satisfação” que o município tem visto o desenvolvimento da parceria com o ISEP, salientando que vem ao encontro da intenção da autarquia de “reforçar a oferta de cursos superiores no concelho”.

Os cursos técnicos superiores profissionais são ciclos de estudos superiores não conferentes de grau, que atribuem um diploma de técnico superior profissional.
Distinguem-se de outras formações do ensino superior por terem uma forte componente técnica, orientada para a prática e para o exercício profissional.
O último semestre é integralmente dedicado à formação em contexto de trabalho, o estágio, o que permite aos estudantes aplicar os conhecimentos e as competências desenvolvidas em contexto empresarial, com o acompanhamento do supervisor da empresa e a orientação de um docente do curso.