Uma morte, 436 novos casos e nova redução nos internamentos nas últimas 24 horas

Portugal registou um novo máximo de vítimas mortais por covid-19. São mais 221 vidas subtraídas, num dia em que foram reportados 13554 infetados.

A escalada de morte em Portugal não dá sinais de abrandar. Dia a dia o número de mortos supera o registo anterior. Esta quinta-feira são 221 os óbitos reportados pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Mais duas mortes do que as 219 registadas ontem e também acima das 218 anotadas na terça-feira, quando o país passou, pela primeira vez, a improvável barreira das 200 vidas perdidas de uma assentada para a covid-19.

No total, desde 16 de março, morreram 9686 pessoas por causas associadas à covid-19, 2780 nos primeiros dias deste mês de janeiro.

A Direção-Geral da Saúde reportou, oficialmente, 13554 casos de covid-19 registados até à meia-noite de quarta-feira, quando fecharam as contas. O segundo pior registo de sempre, só superado pelos 14647 casos de quarta-feira.