Bancário de Santo Tirso desviou milhares das contas de clientes

Em Santo Tirso um bancário desviou 56 mil euros para o jogo.
O homem desviou valor em apenas seis meses. Associou o seu número de telemóvel às contas das vítimas.

O bancário começou a cometer os crimes em julho de 2016, no Millennium BCP em Vila das Aves, Santo Tirso, e em apenas meio ano desviou quase 56 mil euros de seis clientes. Associou o seu número de telemóvel às contas das vítimas para conseguir receber códigos e efetuar operações através da internet. Também subscreveu seguros e cartões de crédito.

O arguido, de 41 anos, vai agora ser julgado em Matosinhos. Responde por burla informática agravada, abuso de confiança agravado, acesso ilegítimo e falsidade informática. A acusação diz que transferia o dinheiro para a sua conta e para a do filho menor. Chegou a usar alguns milhares de euros para pagar apostas de jogos online e para suportar contas de telecomunicações.