Covid-19: Póvoa de Varzim e Vila do Conde voltam a estar em risco extremamente elevado
Posto Testes rápidos

O número de concelhos em risco extremo mais do que duplicou, passando de 25 para 57 na análise esta segunda-feira divulgada sobre a incidência cumulativa de covid-19 referente ao período entre 23 de dezembro e 5 de janeiro.

Na Área Metropolitana do Porto (AMP), Póvoa de Varzim e Vila do Conde estão outra vez no nível de contágio extremamente elevado. São casos disso também Esposende e Barcelos.

Em risco muito elevado encontram-se Gondomar, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Porto, Santa Maria da Feira, Santo Tirso e Valongo (AMP), tal como Guimarães e Famalicão.
Maia, Espinho e Paredes (AMP) estão em risco elevado de contágio e o mesmo acontece com Paços de Ferreira e Penafiel.

Os números aumentaram de uma forma geral em todos estes concelhos, nas duas últimas semanas contabilizadas.

Em todo o país, 57 concelhos registaram uma taxa de incidência de casos acumulados de infeção pelo novo coronavírus superior a 960 por 100 mil habitantes, entre 23 de dezembro e 5 de janeiro.