A GNR de Vila do Conde deteve um homem de 62 anos por furto qualificado.

No âmbito de uma denúncia por furto em residência, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, tendo detido o suspeito em flagrante delito. Foi apurado arrombou a porta para entrar na casa, com recurso a um pé-de-cabra, e que furtou dois anéis de ouro e um anel de prata, já apreendidos e entregues ao seu legítimo proprietário.

O detido, em liberdade condicional e com antecedentes criminais por abuso sexual de menores, roubos, furtos e tráfico de estupefacientes, foi presente a primeiro interrogatório judicial, no dia 14 de novembro, no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.