Fim da limitação nos estádios e mudança nas regras de isolamento

O país está a um dia de entrar na terceira e última fase de desconfinamento, anunciada pelo Governo, na semana passada.

Chegou a vez de as discotecas abrirem, após uma luta pela sobrevivência que durou 18 meses. Foi o único setor de atividade que esteve sempre fechado, desde o início da pandemia.

A taxa de incidência de infeções com SARS-Cov2, nos últimos 14 dias, voltou a descer (de 111,6 casos para 105,6 por 100 mil habitantes), registando-se, por outro lado, uma ligeira subida no índice de transmissibilidade (que passou de 0,85 para 0,87).

O fim da limitação nos estádios e as regras de isolamento vão mudar, mantém-se, no entanto, o uso da máscara e prova de teste ou vacina, de acordo com a última atualização feita pela DGS.

Primeiro 33%, depois 50%, agora 100%: a Direção-Geral da Saúde atualizou a norma que existia em relação aos estádios de futebol a pedido da Federação Portuguesa de Futebol e deixará de haver limitação no número de adeptos que marcam presença nos recintos desportivos.