Portugal com mais 31 mortos e 2.899 casos confirmados

Em Santo Tirso uma funcionária do lar dra Leonor Beleza está infetada com Covid-19, duas outras funcionárias aguardam resultados de teste, tendo sido encaminhadas para o Hospital de S. João por terem sintomas, e um utente apresentou sintomas e também aguarda o resultado do teste.

Por precaução, outros 10 funcionários foram enviados para casa. 

O lar Dra. Leonor Beleza, uma estrutura da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso, acolhe pessoas com elevado grau de dependência.

O utente do lar, tem 50 anos, e encontra-se em isolamento.

O primeiro caso de Covid-19 neste lar obrigou à implementação de medidas previstas no plano de contingência desta estrutura residencial para grandes dependentes, como referiu Sara Almeida e Sousa, a responsável pela direção.

“Fizemos a reorganização dos espaços e circuitos internos e vão ser implementados turnos de 12 horas, para limitar a exposição dos utentes”, indicou. A responsável confirmou que os funcionários do lar não estão a usar máscaras de proteção, uma vez que “estão a ser seguidas as diretivas da Direção-Geral da Saúde”.