GNR desativou produção clandestina de cigarros em Santo Tirso

A Unidade de Ação Fiscal da GNR, através do Destacamento de Ação Fiscal (DAF) do Porto, deteve um homem de 37 anos, e apreendeu 350 quilos de folha de tabaco, por introdução fraudulenta no consumo, no concelho de Santo Tirso.

Os militares da Guarda abordaram um veículo que transportava, de forma dissimulada, duas caixas com 350 quilos de folha de tabaco. A mercadoria foi apreendida por não se fazer acompanhar de qualquer documentação comercial e aduaneira, comprovativa do pagamento dos impostos.

No seguimento da fiscalização foi efetuada uma busca domiciliária, onde foi possível verificar que na garagem se encontrava maquinaria e utensílios utilizados na transformação da folha de tabaco em cigarros, que foi também apreendido.

A introdução no consumo do produto apreendido teria causado um prejuízo ao Estado, em sede do Imposto Especial sobre o Consumo do Tabaco (IT) e do Imposto de Valor Acrescentado (IVA), superior 60 mil euros.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.