Governo disponível para discutir reabertura de bares e discotecas, diz associação

A Associação Nacional de Discotecas (AND) disse ontem que o Governo mostrou disponibilidade para aumentar os apoios ao setor e discutir a reabertura dos espaços de diversão noturna, encerrados desde março de 2020 devido à pandemia.

Segundo a AND, estas garantias foram dadas pelo secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, no decorrer de uma reunião em Lisboa.

Apesar da disponibilidade da tutela para, através da DGS, discutir, “de forma célere”, um plano de reabertura, José Gouveia ressalvou que não foi adiantado qualquer prazo.
Para a AND, existem condições para que os bares e espaços ao ar livre possam reabrir as portas já em julho e as discotecas, com espaço ‘indoor’, o possam fazer em agosto.

Por outro lado, segundo José Gouveia, o Governo comprometeu-se a reforçar os apoios ao setor, nomeadamente no apoio das rendas, que será feito nas próximas semanas, e agilização de candidaturas que estão à espera de serem aprovadas.