Governo prevê vouchers de apoio à compra de eletrodomésticos

O governo prevê a criação de vouchers de apoio às famílias de menor rendimento para a compra de eletrodomésticos na estratégia de combate à pobreza energética será apresentada até final de março. O executivo quer renovar 69% dos edifícios até 2030.

“Uma das medidas que estão previstas, sobretudo para as famílias de menor rendimento, são vouchers de apoios na compra de equipamentos mais eficientes”, adianta João Galamba, secretário de Estado da Energia, ao Jornal de Negócios.

O governo quer acelerar, “dentro do possível” o combate à pobreza energética, que atinge cerca de dois milhões de pessoas.

“Quando falamos de pobreza energética temos de incluir as medidas que foram tomadas, incluindo por outros governos, como a criação da tarifa social que prevê um desconto de quase 34%, referiu o secretário de estado.