Quase 1.000 pessoas detidas por desobediência desde início da pandemia

Um homem, de 26 anos, foi assassinado a tiro, na noite de quarta-feira, na Calçada da Póvoa, no Porto, quando do se encontrava no interior de uma viatura. Ainda foi transportado ao Hospital de Santo António, mas acabou por morrer.

Segundo uma testemunha, vários disparos foram efetuados na direção de um automóvel, onde se encontravam dois homens.

Um deles, de 26 anos, residente na Baixa da Banheira, no concelho da Moita, terá sido atingido por dois disparos e foi conduzido ao Hospital de Santo António numa viatura particular, presume-se que a mesma onde foi atingido.

Pelos antecedentes da vítima, onde constam dezenas de detenções por tráfico de droga, furtos, condução sem carta e agressões, não está excluída a hipótese de se ter tratado de um ajuste de contas.

A PSP esteve no local, tendo recolhido uma arma de fogo e a investigação​​​ passou para a alçada da PJ.