Um dos cofundadores do ‘ice bucket challenge’ [desafio do balde de gelo], que angariou mais de 200 milhões de euros em todo o mundo para a investigação da doença de Lou Gehrig, morreu no domingo.

A doença de Lou Gehrig, também conhecida como ELA, é uma doença do sistema nervoso que ataca as células nervosas no cérebro e na espinhal médula e não tem cura.

Pat Quinn foi diagnosticado com Lou Gehrig, em 2013, um mês após o 30.º aniversário, lembrou a associação ELA, numa declaração em que anunciou a morte de Quinn.

“Pat lutou contra a ELA com positividade e bravura e inspirou todos à sua volta”, disse.