Hélder Pereira, ortopedista do Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, voltou a ser reconhecido a nível internacional “no desenvolvimento de técnica inovadora de tratamento de patologias do tendão de aquiles”, após a publicação de artigos sobre o tema em conceituada publicação mundial.

O médico e investigador português, acaba de ver publicado num dos mais importantes jornais do mundo de Traumatologia Desportiva (JISAKOS), o Journal of Foot and Ankle Surgery do Colégio Americano, artigos sobre o tema. De acordo com o médico “este trabalho, que reuniu alguns dos maiores especialistas internacionais reforça a posição de Portugal na Medicina Desportiva internacional”.
Atletas de renome recuperam com esta metodologia, entre eles Fernando Gago (Boca Juniores, Real Madrid), o vilacondense André André e até o atleta olímpico Ricardo Ribas já beneficiaram com esta abordagem alcançando a retoma desportiva.

O médico destaca-se também pelo seu trabalho de desenvolvimento cirúrgico no Centro Hospitalar Póvoa de Varzim / Vila do Conde, e sublinha o facto de que “muitos doentes têm sido tratados a este problema com esta técnica no centro hospitalar”, e acrescenta que “temos pedidos de doentes de todo o país para o Hospital da Póvoa”.

Sobre a publicação dos artigos em jornal de referência mundial, Hélder Pereira afirma um “grande orgulho nisso” e saber que o hospital poveiro “está referido nos artigos”.

Hélder Pereira explica em que consiste esta técnica que “faz parte do desenvolvimento de uma abordagem global aos problemas crónicos e agudos do T. Aquiles (incluindo tratamento de roturas). Os problemas do Tendão de Aquiles (tendão mais forte do corpo), pelas suas implicações funcionais e potencial de tempo prolongado de recuperação causam sempre grandes implicações quer em atletas de todos os níveis quer na população geral pelo inerente absentismo do trabalho. Colocam por vezes em risco a carreira desportiva”.

Segundo o próprio: “Os problemas do tendão de Aquiles, da tendinopatia à rotura requerem uma abordagem integrada e global. É sempre um trabalho de equipa e realço aqui a parceria com o Dr. Jorge Batista (ortopedista responsável do Boca Juniores) neste projeto e os trabalhos de investigação em curso do português Dr. Pedro Dinis que penso que vão trazer novas opções para futuro. Melhorar os resultados dos pacientes e acelerar a retoma desportiva e da atividade são o objetivo de toda a equipa”.