Portugal atingiu um novo máximo de casos diários de covid-19 ao contabilizar mais 6.640 infeções nas últimas 24 horas e regista 56 óbitos, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.848 mortes e 173.540 casos de infeção pelo novo coronavírus, estando hoje ativos 72.945 casos, mais 2.591 do que na sexta-feira.

A DGS indica que das 56 mortes registadas nas últimas 24 horas, o segundo pior dia desde o início da pandemia, 31 ocorreram na região Norte, 19 na região de Lisboa e Vale do Tejo, três na região Centro e outras três no Alentejo.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico revela que estão internadas 2.420 pessoas (menos cinco que na sexta-feira) e destas estão 366, mais 26 doentes, em cuidados intensivos.

A DGS refere também que as autoridades de saúde têm em vigilância 91.350 contactos, mais 11.661 em relação a sexta-feira, um número que tem aumentado de forma exponencial, e que foram dados como recuperados, nas últimas 24 horas, mais 3.993 doentes, num total de 97.747 desde o início da pandemia.

A região Norte é a que regista a maioria dos novos casos, tendo sido reportados 3.900 nas últimas 24 horas, totalizando 82.361 casos de infeção e 1.279 mortos desde o início da pandemia, em março.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 1.856 novos casos de infeção, contabilizando-se agora 67.725 ocorrências e 1.109 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 712 casos de infeção, contabilizando-se agora 15.757 e 352 mortos.

No Alentejo foram registados mais 49 novos casos de covid-19, totalizando 3.361 e 63 mortos.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 182 casos de infeção, somando 3.367 casos e 29 mortos desde o início da pandemia.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 22 novos caso nas últimas 24 horas, somando 435 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou 19 casos nas últimas 24 horas, contabilizando 534 infeções e um óbito.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 78.664 homens e 94.876 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 1.458 eram homens e 1.390 mulheres.