Póvoa de Varzim: prisão preventiva por violência doméstica para homem de 87 anos

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto deteve ontem um homem de 87 anos por violência doméstica no concelho da Póvoa de Varzim.

Na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito terá injuriado, ameaçado de morte e agredido a vítima, sua esposa de 84 anos, com quem estava casado há 62 anos. Apurou-se ainda que o suspeito mantinha a vítima fechada em casa, sem acesso ao exterior e sem poder contactar com familiares. No último episódio de violência, a vítima foi internada numa unidade hospitalar, apresentando ferimentos e sérios problemas de saúde, por falta de auxílio.

Foram realizadas duas buscas, uma domiciliária e outra em veículo, onde foram apreendidos uma arma de caça; um revólver; uma pistola; duas armas de ar comprimido; um punhal; uma faca de abertura automática e 133 munições de diferentes calibres.

O suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório judicial hoje, dia 18 de dezembro, ao Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A ação contou com o reforço do Posto Territorial da Póvoa de Varzim.