Pulseira eletrónica por violência doméstica sobre a mãe

A GNR deteve um homem de 34 anos por violência doméstica, no concelho da Trofa.

No âmbito de uma investigação, os militares da Guarda apuraram que o suspeito, habitual consumidor de produtos estupefacientes, terá injuriado e ameaçado de morte a vítima, sua mãe de 58 anos, com quem vivia e partilhava habitação.

Atualmente desempregado, o suspeito também adotava comportamentos violentos contra o seu filho menor, porque a guarda da criança está atribuída à mãe do agressor. Perante a gravidade dos factos e o escalar dos episódios de violência, o agressor foi detido.

Presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, foram-lhe aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência da vítima, proibição de a contactar por qualquer meio ou forma, proibição de se aproximar dos locais habitualmente frequentados pela mesma, num raio de 500 metros, controlado por pulseira eletrónica.

A ação contou com o reforço do Posto Territorial da Trofa.