A obra na Escola de São Lourenço é a única no concelho com financiamento no âmbito do programa governamental de Remoção do Amianto.

Começou esta semana a ser substituída a cobertura de fibrocimento do Pavilhão Desportivo da Escola Preparatória de S. Lourenço, em Ermesinde, Valongo, o último edifício com fibrocimento que era da responsabilidade do Ministério da Educação.

“Demos mais um passo para garantir que não há amianto em nenhuma das escolas, desde os jardins de infância às secundárias”. Neste ciclo governativo, substituímos todas as coberturas de fibrocimento das nossas escolas, tenham ou não amianto, inclusive naquelas que até há pouco tempo não eram da nossa responsabilidade direta”, referiu o presidente da Câmara, José Manuel Ribeiro.

Falta agora concluir “esta obra na EB2,3 de S. Lourenço, em Ermesinde, e começar a EB Vallis Longus, em Valongo, que deve avançar dentro de três meses”.
“Em menos de 8 anos vamos resolver problemas que se arrastaram por mais de 20 anos” lembrou o Presidente da Câmara Municipal de Valongo.

A obra na Escola de São Lourenço é a única no concelho com financiamento no âmbito do programa governamental de Remoção do Amianto nas Escolas.