Cartão de Memória – Marco Paulo – S. Francisco

Marco Paulo, nome artístico de João Simão da Silva, nasceu a 21 de Janeiro de 1945 em Mourão, no Alentejo.

Estreou-se nas festas de Alenquer a cantar a “Campanera” de Joselito. No ano seguinte, teve o maestro Nóbrega e Sousa a acompanhá-lo, ao vivo. Aos 14 anos entra para o rancho folclórico de Alenquer onde esteve dois anos como cantor até ir viver para o Barreiro.

Em 1963, já a viver no Lavradio, no município do Barreiro, começou a ter aulas de canto com Corina Freire. Foi aí que foi descoberto por Cidália Meireles, que tinha um programa de televisão de grande sucesso, o “Tu Cá, Tu Lá”.

Fica em terceiro no Festival da Canção da Figueira da Foz com “Vida, Alma e coração”. Mário Martins, da Valentim de Carvalho,  convida-o para gravar um disco.

O seu primeiro disco, editado no ano de 1966, foi um EP com os temas “Não Sei”, “Estive Enamorado”, “O Mal às Vezes é Um Bem” e “Vê”.

Em 1967 participa no Festival RTP da Canção com “Sou Tão Feliz” de António Sousa Freitas e Nóbrega e Sousa. Foi depois para a Madeira cantar com Madalena Iglésias. A partir daí passou a profissional.

Pouco mais haverá a dizer sobre a vida de Marco Paulo que toda a gente não conheça. Apenas que, a par de outras versões de música cantada em inglês, a mais famosa das quais a de ‘I Just Called to Say I Love You’ de Stevie Wonder, já em 1968 emprestava a voz à versão lusa de S. Francisco de Scott Mckenzie.