Ator Carlos Cunha chora a morte da mãe com covid-19

Carlos Cunha está de luto depois de ter revelado, esta quinta-feira, 25 de março, que a sua mãe morreu devido à covid-19.

O ator esteve à conversa com Júlia Pinheiro no programa das tardes da SIC “Júlia”. Durante a entrevista, o intérprete informou que a sua progenitora perdeu a vida há pouco tempo.

“Apanhou COVID e pronto. Foi”, disse o artista, após referir que a sua mãe já estava no hospital com problemas cardíacos.

Carlos Cunha abordou também a fase difícil que tem estado a viver devido a falta de trabalho.

“Não telefono para ninguém, tenho vergonha na cara. Se têm o meu telefone para certas coisas, também têm para trabalhar”, afirmou, recordando que o último espetáculo que fez foi no Montijo, antes de ter sido cancelado devido à pandemia.

Ao longo da conversa com Júlia Pinheiro, o ator lembrou o divórcio com Marina Mota que foi finalizado ao fim de 15 anos.

“Fomos à Conservatória em Cascais. ‘Vocês não querem reconciliar, não querem ter um tempo?’. Começámos a explicar. Dissemos que estava resolvido e que não havia nada para dividir. A senhora acabou a rir connosco”, recordou.