O Comando Territorial da GNR do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto, deteve no dia 29 um homem com 63 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho da Maia.

Na sequência de um processo crime por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito esteve casado durante 40 anos com a vítima, uma mulher de 61 anos, tendo-se divorciado em fevereiro deste ano, o que espoletou ameaças de morte dirigidas à mesma.

Durante a investigação, apurou-se que o suspeito teria em sua posse armas de fogo. Após um mandado de detenção e busca domiciliária, a GNR apreendeu duas armas de caça e 77 munições e deteve o agressor.

O detido foi presente, no mesmo dia, ao Tribunal Judicial de Matosinhos, tendo ficado sujeito à medida de coação de apresentações diárias no posto policial da sua área de residência.