Chuva - imagem DR

O mau tempo que se faz sentir obrigou os bombeiros a responderem a 443 ocorrências entre a meia-noite e 5 horas da madrugada desta quinta-feira, tendo a maioria dos casos ocorrido no distrito do Porto.

De acordo com a Proteção Civil, a maioria das ocorrências está relacionada com inundações e quedas de árvores. Mas já se registam 16 pessoas desalojadas, sete em Santo Tirso e nove em Almada. Os tirsenses que ficaram sem casa devido a quedas de árvores nas habitações foram deslocados e estão em casa de familiares acompanhados pelos serviços municipais, refere a Agência Lusa.

Desde a meia-noite, estão envolvidos nos trabalhos 1237 operacionais, com o apoio de 458 veículos.

Quedas de árvores, inundações e danos em estruturas são a grande maioria das queixas, disse fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), salientando que, até ao momento, não se verificam feridos ou outro tipo de casos mais graves.

Esta quinta-feira, estão sob aviso vermelho nove distritos, incluindo o do Porto, devido à previsão de chuva forte e rajadas de vento superiores a 100 quilómetros por hora, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Previsão do tempo para amanhã (6ª feira) de acordo com o IPMA: Céu geralmente muito nublado; Períodos de chuva ou aguaceiros; Vento moderado (até 30 km/h) de oeste/sudoeste, com rajadas até 70 km/h até ao início da manhã; Pequena descida da temperatura mínima.