. José Ferreira, presidente da delegação da Cruz Vermelha da Maia, garante que já está assegurado o financiamento para custear o grande empreendimento que a Cruz Vermelha apresentou recentemente para o concelho da Maia, a nova Unidade de Cuidados Continuados.
A nova unidade deverá oferecer perto de 40 camas, no distrito do Porto, numa primeira fase, para quem precisa de cuidados continuados especializados.

José Ferreira refere que quer ter o novo hospital a funcionar no final do próximo ano.

. Mandato de detenção de Bruno de Carvalho revela que o ex-presidente do Sporting está indiciado por 56 crimes, um deles de terrorismo, na sequência do ataque a Alcochete a 15 de maio.
O JN divulga que Bruno de Carvalho está indiciado por dois crimes de dano com violência, 20 crimes de sequestro, um crime de terrorismo, 12 crimes de ofensa à integridade física qualificada, um crime de detenção de arma proibida e 20 crimes de ameaça agravada.
O ex-presidente dos leões e Mustafá, líder da Juventude Leonina, foram detidos no domingo à noite. São ouvidos esta terça-feira no Tribunal do Barreiro.

(Esta e outras notícias também no Maia Primeira Mão)