Fundação da Juventude

A Fundação da Juventude promove esta segunda feira, dia 30, uma conferência virtual, pelas 11 horas, que encerra o projeto Get Forward e revela o impacto que as ações de formação em contexto de sala e em contexto de trabalho tiveram na sociedade portuguesa, em especial nos municípios de Gaia, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto.

O Get Forward, desenvolvido pela Fundação da Juventude, em parceria com estes municípios da Área Metropolitana do Porto e com o Investimento Social da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, assume-se como um projeto de inovação social para promover a inclusão social de jovens em situação de risco através da capacitação em contexto de sala de aula e de trabalho.

O projeto dirige-se a jovens com idades entre os 18 e os 25 anos e em situações de maior fragilidade social como o desemprego, abandono escolar, situações familiares delicadas. Tem como objetivos a procura da estimulação do desenvolvimento pessoal, a integração social e a empregabilidade dos jovens através do ensino de competências pessoais, do acompanhamento social com mentores e o facto de proporcionar a primeira experiência no mercado de trabalho.

Com um elevado impacto social, o Get Forward não só aposta na promoção de novas políticas públicas de promoção de competências técnicas ajustadas às necessidades de competências laborais, como também procura promover a alteração de comportamentos de risco, como o abuso e o tráfico de drogas, crime, violência e gangues, com evidentes efeitos positivos para a sociedade.