Nuno Borges estreia-se esta segunda-feira na segunda edição do Maia Open, torneio do ATP Challenger Tour que a Federação Portuguesa de Ténis organiza, com o apoio da Câmara Municipal da Maia. No qualifying, Luís Faria foi eliminado na ronda de acesso um dia depois de somar a primeira vitória da carreira a este nível.

Número 398 da hierarquia mundial masculina, o jovem maiato recebeu um dos três wild cards à disposição da organização e terá como adversário Bernabe Zapata Miralles, espanhol que é o 155.º do mesmo ranking e que em agosto conquistou o primeiro título Challenger da carreira (depois de duas finais perdidas) em Cordenons, Itália.

Para além de Nuno Borges, vão a jogo no quadro principal de singulares do Maia Open outros cinco portugueses: Pedro Sousa (segundo cabeça de série), João Domingues, Frederico Silva e os wild cards Gonçalo Oliveira e Gastão Elias, mas só a partir de amanhã, terça-feira.

Ontem,e domingo, a comitiva portuguesa podia ter recebido a companhia de Luís Faria, só que o jovem vimaranense de 21 anos foi travado na ronda de acesso do quadro principal: um dia depois de ter vencido pela primeira vez num torneio do ATP Challenger Tour.