imagem CMM

Um dia memorável que recebeu a visita do presidente da Câmara.

Natural de Nogueira da Maia, Maria Emília Marques Ascenção completou este domingo, dia 13 de dezembro, 100 anos de vida.

Embora numa celebração mais pequena, devido à pandemia de Covid-19, a família não deixou de assinalar um memorável marco na vida desta maiata, a quem ninguém dá a idade que agora tem.
 
Nasceu no Lugar de Vilar, foi a primeira de 6 filhos. O seu pai era um colchoeiro profissional da zona, e na sua juventude contribuiu para o negócio da família, costurando os colchões em tecido.

Um dos seus filhos contou que Maria Emília também trabalhava no campo, “numa altura mais simples, em que as famílias viviam maioritariamente daquilo que produziam”.

Casou e teve quatro filhos, três rapazes e uma rapariga, com quem agora vive. Mais tarde, abriu com o seu marido uma mercearia, também em Nogueira, que se situa ao lado da casa onde ainda hoje mora.  

Rodeada pelos filhos, netos e bisneta, a centenária mantém um espírito surpreendentemente jovem. “A minha mãe não consegue estar parada, diz que o tempo assim não passa. Então, ainda costura, faz roupinhas para a bisneta, segue assiduamente a novela, lê, e por vezes até ainda cozinha”, conta a filha mais nova.  

No seio de uma família dedicada é assim que Maria Emília celebra o centenário do seu nascimento, tendo sido visitada por netos e sobrinhos, que observaram as precauções necessárias nesta época de pandemia.

Um encontro sem abraços e de máscaras que tapam sorrisos, mas não esconderam emoções.

De acordo com uma das netas talvez seja esta harmonia familiar que mantém Maria Emília feliz, divulgando com orgulho que, ainda hoje, com cem anos, a avó recorda o dia de aniversário de cada filho e neto…

(Notícia publicada no Maia Primeira Mão)