Novo Túnel do Aeroporto

O túnel do Aeroporto, que permite a ligação entre a Rua da Fábrica e Vilar do Senhor, na freguesia de Vila Nova da Telha, no concelho da Maia, já está aberto ao trânsito desde as 18h00 de sexta-feira, dia 3.

Estrutura inclui-se nas obras de ampliação do Aeroporto, que devem permitir aumento da capacidade do “Francisco Sá Carneiro” em 62%, no próximo ano.

Durante as obras, o trânsito teve que efetuar um desvio de cerca de 4 km e aumentou o trajeto em cerca de 20 minutos, o que agora acaba, podendo esta ligação ser feita em 5 minutos.

A obra demorou mais alguns meses que o previsto, mas agrada aos autarcas António Silva Tiago e Joaquim Azevedo, respetivamente presidente da Câmara da Maia e da Junta de Freguesia de Vila Nova da Telha, que marcaram presença no momento de abrir o túnel ao tráfego.

A estrutura já existia, mas foi feita a requalificação e prolongamento da mesma, devido à construção da nova pista “taxi way” do Aeroporto, permitindo assim que o túnel continue a passar por baixo da pista em toda a sua extensão.

A reabertura da continuação da Rua da Fábrica pelo túnel do Aeroporto e o seu alinhamento com a Avenida Gago Coutinho permite o restabelecimento dos acessos a Vilar do Senhor, depois de perto de um ano de obra de uma “dor de cabeça”, como frisou Joaquim Azevedo.
 
O renovado túnel do Aeroporto tem passeio e permite a passagem de peões, um melhoramento possível com o protocolo assinado pelo Município da Maia e pela ANA.

A conclusão dos trabalhos nas vias municipais permite a regularização do trânsito na zona de Vila Nova da Telha, nomeadamente com a nova rotunda na interseção da Avenida Gago Coutinho, Rua da Fábrica e Rua das Bicas e a reabertura do túnel do Aeroporto, com ligação a Vilar do Senhor.

Edil da Maia deu os parabéns à ANA por este resultado

António Silva Tiago, autarca da Maia, referiu a “qualidade da intervenção efetuada”, agradecendo à ANA Vinci, na pessoa de Fernando Vieira, presente na cerimónia singela, o que esta época de desconfinamento permite.

“As pessoas ficaram privadas durante muitos meses de poderem passar aqui de um lado para o outro da freguesia de V.N. Telha, por isso, hoje viemos aqui restabelecer essa passagem. Agradecemos à ANA Vinci a obra que fez, porque cumpriu com o acordo que assinámos: este novo arruamento não existia, sendo que o anterior arruamento existente foi cedido à ANA tendo a empresa feito este novo, que agora percorremos. Esperemos que a obra venha responder às necessidades deste Aeroporto e às expectativas que a ANA projetou e que originou estes trabalhos”, afirmou António Silva Tiago.

A ANA afirma que se trata de um grande investimento, refere o autarca, mas esclarece que a autarquia não teve comparticipação nesse custo, tendo o entendimento entre as duas entidades residido na troca de terrenos: “abdicámos de um arruamento e a ANA ofereceu um outro à Câmara”.

Capacidade do Aeroporto aumenta 62% no próximo ano

Fernando Vieira, da direção da ANA, explicou que o “túnel é fundamental para as obras de ampliação do Aeroporto e que vão aumentar muito a sua capacidade. A construção deste caminho de circulação, esta extensão, em que o novo túnel está integrado, vai-nos dar uma capacidade de mais de 62% relativamente à que tínhamos. Portanto, vamos ter uma capacidade aeroportuária que vai servir a região e o país durante muitos anos”.

“Durante estas obras houve alguns problemas de que já demos conta há algum tempo. Quando iniciámos a obra tivemos alguns problemas, nomeadamente alguns imprevistos em termos de terrenos – esta obra implica a passagem de aviões de algumas toneladas e não convém facilitar -, pelo que entendemos rever o projeto de execução, foi cuidadosamente revisto, o que originou o atraso da obra”, reconheceu o responsável.

Fernando Vieira adiantou ainda: “Este túnel, que era uma das prioridades, ficou pronto agora. Espero que no princípio do próximo ano, digamos que no primeiro quadrimestre (para não errar muito), toda a obra esteja concluída”.