Vila do Conde é o concelho onde se desperdiça menos água na rede pública

Pela primeira vez, Vila do Conde tornou-se o concelho em que menos água é perdida por fugas, roturas ou roubos na rede de abastecimento. Enquanto em Portugal se perde em média 28,8% da água, Vila do Conde fica apenas pelos 9,4%, o que mostra a contribuição da INDAQUA para a preservação deste escasso recurso.

Em 2009, ano de início da operação da INDAQUA Vila do Conde, 37% da água que entrava na rede de distribuição acabava por perder-se. Em dez anos, o modelo de gestão aplicado pela concessionária permitiu diminuir a perdas de água para apenas 9,4%.

Vila do Conde é, desta forma, o município do país que regista o melhor desempenho, de acordo com o ranking recentemente publicado pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR), no que respeita à água com qualidade para consumo humano que é perdida através das redes de distribuição.

Em 2019, a empresa alcançou uma média de perdas de 14,5%, no conjunto dos sete municípios em que garante o abastecimento de água (Vila do Conde, Fafe, Matosinhos, Oliveira de Azeméis, Santa Maria da Feira, Santo Tirso e Trofa). Em 2020, dados das várias concessionárias apontam uma redução para os 13,9%.